Grande lição !

Jesus sabe perfeitamente que o Seu tempo está a chegar ao fim e aproveita todos os momentos para deixar a sua mensagem. Hoje vemo-LO no templo de Jerusalém, no meio da multidão, a aconselhar cautela com os escribas, que, na sua maioria, gostam de honrarias e de primeiros lugares, e se fazem passar por pessoas virtuosas, quando, na realidade, não olham a meios para enriquecer, mesmo à custa dos mais pobres. E tudo em nome de Deus.
O Evangelho, porém, não acaba, sem que antes Jesus mostre o seu apurado espírito de observação e deixe mais uma lição de vida, ao observar como as pessoas deitavam o dinheiro na caixa das esmolas. Os ricos lançavam grande quantidade de moedas, que, chocalhando, faziam notar a sua presença generosa. Mas também havia gente remediada e pobre, como aquela viúva, que deixou apenas duas pequenas moedas. Não se deteve e delicadamente deixou cair a sua oferta, como alguém que apenas quer ficar na sombra e desaparecer por detrás de uma das colunas do templo…
Esta mulher foi, de todos, quem deu mais, disse Jesus aos discípulos. Porque todos os outros deram do que lhes sobrava e ela deu do que precisava. Era “tudo o que possuía para viver”.
O exemplo desta mulher far-nos-á sempre sentir que só tem valor o que se dá / faz com amor. Mesmo as coisas mais simples. E sempre com humildade e discrição.

P. Fausto

in Diálogo nº1753 (XXXII Domingo do Tempo Comum – Ano B)

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *