SERÁ DESTA ?

Não é difícil descortinar o estado lastimoso da cantaria, talha, pintura, imagens e azulejos da nossa Igreja. Há mesmo pormenores da cantaria da fachada irrecuperáveis e elementos decorativos das Capelas do Santíssimo e de Nossa Senhora do Rosário em fase de deterioração avançada. Para não falar também do “Espaço Museu”, a requerer intervenção urgente. Mas não é possível acorrer a tudo e há que estabelecer prioridades.
Vamos começar pela fachada, antes que haja algum acidente, e remodelar o adro da nossa Igreja e, dentro e a seu tempo, prosseguiremos os trabalhos, tendo em conta sempre a urgência da intervenção.
Para já tivemos na sexta-feira uma visita técnica de trabalho, vinda de Coimbra, para detectar as patologias da nossa Igreja e formular um relatório com sugestões de trabalho. Este docu-mento é absolutamente necessário para se começar.
O caminho será longo, mas “será desta” que as obras de conservação e restauro da nossa Igreja vão definitivamente arrancar? A ver vamos. Mas estou esperançado que sim!

Pe. Fausto

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *