Ainda que seja deserto !

 

2dtc_A

 

Com o Baptismo, Jesus inicia um período curto mas intenso comummente chamado vida pública.
Se até agora era em Nazaré e em família que decorriam os seus anos, a partir do encontro, no deserto, com João Baptista, o horizonte geográfico alarga-se e os laços familiares, continuando a ser importantes, deixam de ser determinantes.
Esperam-nos momentos de alegria e de tensão, de encontros e desencontros, de banhos de multidão e noites de oração a sós, dias desgastantes e momentos criativos e salutares de lazer. Tudo faz parte deste período muito curto, mas intensamente vivido por Jesus, que vamos revisitar, nos Domingos do Tempo Comum.
Preparemo-nos, porque o Mestre tem Palavras de Vida Eterna, que não convém esquecer. Talvez por isso, enquanto houver mundo, a voz de João Baptista nunca se há-de calar, para indicar o Único que vale a pena ouvir e seguir, Jesus Cristo, “o Cordeiro de Deus”.

P. Fausto

in Diálogo 1684 (II Domingo do Tempo Comum – Ano A)

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *