Para termos Natal…

4da_A

Com o Natal à porta, aumenta o ritmo de vida e parece não haver tempo para nada.
Não deixemos, porém, que as iluminações, há muito acesas nas montras, ruas e praças, ofusquem a estrela que levou os Magos a Belém.
Não deixemos que a correria às lojas e supermercados tire o tempo à preparação do coração para acolhermos o Deus – Menino.
Não deixemos que a Noite Santa de Natal seja profanada pela expectativa das prendas e pelo afã no seu desembrulho, esquecendo quem as não tem e vive só.
Não esqueçamos Deus na refeição de consoada…
O Natal é e será sempre Mistério de Novidade, Poesia e Encanto, porque Deus se fez homem e entrou na nossa história…
Bem-aventurados os que se alegram e não se escandalizam com a debilidade de Deus, que no Natal revela o Seu Amor inesgotável por cada um e por toda a humanidade.
Que seria de nós, sem o Natal?
Um Santo Natal e muito Boas Festas deseja a todos os Paroquianos a Equipa Sacerdotal.

P. Fausto

in Diálogo 1680 (IV Domingo de Advento – Ano A)

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *