SEMANA DOS SEMINÁRIOS – 2019

 

“Cristo não pensa apenas naquilo que tu és mas naquilo que poderás chegar a ser”

 

2019_cartaz-01_small

Jovem, eu te digo, levanta-te! (Lc 7, 14)

(…)
Para Deus que chama, não importa o que cada um é; a sua história é uma história de amor e superação, pois é nela que podemos descobrir a vontade de Deus. “Para realizar a própria vocação, é necessário desenvolver-se, fazer germinar e crescer tudo aquilo que uma pessoa é. Não se trata de inventar-se, criar-se a si mesmo do nada, mas descobrir-se a si mesmo à luz de Deus e fazer florescer o próprio ser” (CV 257).
Ser “jovem em Cristo” significa viver a vida a partir do seu encontro com Ele, consciente de que “eu preciso de escutar a sua voz para me deixar moldar e conduzir por Ele. Então serei o que devo ser, e serei também fiel à minha realidade pessoal” (CV 256). A primeira exigência de quem ama e procura a Verdade é confiar e pôr-se a caminho. Ir em frente sem medo é a ação, a qualidade e o propósito daqueles que são chamados por Cristo a fazer discípulos. “Jovem, eu te digo, levanta-te!” (Lc 7, 14), uma ordem que Jesus Cristo deu ao ressuscitar o jovem filho único da viúva de Naim, é também o chamamento que o Senhor faz a todos e a cada um de nós. Jesus ressuscitou e quer fazer-nos participantes da novidade da sua ressurreição. É como ressuscitado que Ele continua a vir ao nosso encontro, nos conquista e nos renova: “Por mais que te possas afastar, junto de ti está o Ressuscitado, que te chama e espera por ti para recomeçar. Quando te sentires envelhecido pela tristeza, os rancores, os medos, as dúvidas ou os fracassos, Jesus estará a teu lado para te devolver a força e a esperança” (CV 2).
(…)

da Nota Pastoral da Semana dos Seminários 2019
D. António Manuel Moiteiro Ramos

Biblioteca – D. António Francisco dos Santos

A Diocese de Aveiro inaugurou esta quinta-feira a biblioteca D. António Francisco dos Santos, no seminário, um espaço de portas abertas para a cidade que homenageia o “trabalho apostólico” do antigo bispo, falecido em 2017.
“Representa o carinho da nossa parte pelo seu episcopado e pela sua forma de ser pastor na diocese, onde é querido e recordado”, disse D. António Moiteiro, bispo de Aveiro, falando sobre o seu antecessor.
“Vamos vendo os textos e aquilo que o Sr. D. António nos ia dizendo e percebemos como queria o bem desta casa e tinha consciência da importância sacerdotal, do cuidado da formação e da paciência que era necessário para esta formação”, salientou o padre João Santos, reitor do Seminário. “O grande objetivo é promover a formação cristã para os nossos leigos, ser uma referência e também o sinal de uma biblioteca religiosa na cidade de Aveiro”, acrescentou.
D. António Moiteiro destacou que o seminário é “um espaço de cultura” e explicou também que decidiram ampliar a biblioteca porque precisavam de “tratar convenientemente o espólio de livro antigo”, alargar o espaço e catalogar.

fonte: ecclesia e ecclesia

Open Day – no Seminário

Decorre no próximo dia 30 de Novembro, Sábado, entre as 9h30 até às 18h00. Para aumentar a abrangência do habitual encontro de rapazes do 5º e 6º anos, o Seminário passa a convidar também as raparigas que assim queiram ter um tempo de visita ao Seminário e de proposta vocacional.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *