“Dá-me, Senhor, um coração que escute”.

4dp_C

 

“As minhas ovelhas escutam a minha voz”, diz Jesus no Evangelho deste Domingo do Bom Pastor. Tudo à nossa volta, porém, não convida, nem favorece a escuta.
Não há tempo para nada, corre-se para tudo e levantamo-nos às vezes já cansados… e a consequência é não termos tempo para ninguém. E assim a vida vai arrefecendo e o espaço para Deus e para os outros diminuindo…
Vamo-nos subjugando à tirania do relógio, na ânsia voraz de rentabilização do tempo, que até nos rouba o prazer de saborear gratuitamente o momento.
Neste Domingo do Bom Pastor, e dia especial de oração pelas vocações consagradas, e não só, quero rezar com o Rei Salomão: “Dá-me, Senhor, um coração que escute”, para não reduzir os sonhos a poder, dinheiro e coisas.
Se todos fizessem sua esta oração, não haveria mais tempo para escutar Deus e os outros, a começar pelos de casa, e não seríamos, assim, mais felizes?

P. Fausto

in Diálogo nº1656 (IV Domingo da Páscoa – Ano C)

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *