Quem se atreve ?

5dq_C

 

Para Jesus a pessoa nunca perde a dignidade, apesar do seu pecado, mas é o sofrimento o que mais o aflige. Assim mostra o episódio do Evangelho de hoje. Diante de uma mulher apanhada em adultério, Jesus não a julga, não a condena, olha-a e comove-se com o sofrimento e a angústia de quem, apanhada em flagrante, sabe que não lhe vão perdoar.
Ao seu redor, com os bolsos cheios de pedras, todos se dispõem ao linchamento desta mulher frágil e pecadora. Para cumprimento da Lei.
Jesus, que não veio para condenar o mundo e tantas vezes disse que a alegria de Deus está em perdoar… levanta-se, e, sem negar o valor da lei, olhos nos olhos, lança a todos o mais radical desafio: “Quem de entre vós estiver sem pecado atire a primeira pedra”. Os que passam a vida a criticar e se dispõem sempre a condenar, os que vêem melhor o argueiro na vista dos outros que a trave nos seus olhos, os religiosos e cumpridores zelosos da lei mas em situação de incumprimento incorrigível dos deveres de justiça, de verdade, de solidariedade…, todos acusavam e se acotovelavam para fazer justiça.
“Aproximam-se os dias solenes da paixão salvadora e da ressurreição gloriosa”.
Aproveitemos este tempo de Graça para deixar cair as pedras que temos nas mãos, esvaziar os bolsos daquelas que queremos atirar aos outros e deixemos que Deus nos arrume o coração, para celebrarmos na santidade as próximas Solenidades Pascais.

P. Fausto

in Diálogo 1651 (V Domingo da Quaresma – ano C)

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *