“Cumpriu-se…”

3dtc_C

 

Assistido pelo Espírito Santo, e sempre ocupado com a solidez da sua escrita, é S. Lucas quem, este ano, nos vai ajudar a caminhar como discípulos de Jesus. A exigência na procura incessante de fontes de informação é notória. De hoje em diante, então, vamos segui-lo.
Neste 3º domingo do Tempo Comum, aceitamos o convite amável para participarmos no culto da Sinagoga de Nazaré, onde Jesus estava também e leu uma passagem do Profeta Isaías. No fim, sentou-se e rematou: “Cumpriu-se hoje mesmo… o que acabais de ouvir”. O silêncio era geral e os olhos tinham todos a mesma direcção.
Bem conhecido no meio, Jesus aproveita a ocasião para dizer que não quer infernizar a existência, com mais pesos e mais leis, mas vem, em nome de Deus, anunciar a todos uma vida nova, livre e feliz. E continua o seu discurso a proclamar que o Deus em que acredita não faz favores em troca de obséquios e sacrifícios, mas é um Deus que ama todos sem esperar qualquer troco, um Deus Bom, só Bom, exclusivamente Bom. Um Deus feliz e que nos quer felizes também.
“Ouvir estas coisas” no princípio de ano dispõe-nos ao caminho e é tónico vigoroso para os que querem, como nós, aprender a ser discípulos de Jesus.

P. Fausto

in Diálogo 1641 (III Domingo do Tempo Comum – Ano C)

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *