Filho e Herdeiro de Deus !

 

Baptismo_C

 

O Baptismo de Jesus, ministrado por João Baptista, não teve convidados, fotografias ou prendas. Não teve almoço, nem jantar. O lugar era deserto e o ambiente de grande austeridade. Mas houve festa, porque, enquanto Jesus orava, “o céu abriu-se e o Espírito Santo desceu sobre Ele, como uma pomba”. E fez-se ouvir uma voz, que impressionou fortemente João Baptista: “Tu és o meu Filho muito amado. Em ti pus toda a minha complacência“.
Também sou baptizado. Desde aquele longínquo Dezembro de 46, aplicam-se a mim as palavras ouvidas por João Baptista, no deserto, quando baptizava Jesus. Posso, assim, dizer, com toda a segurança, que Deus me ama como amou Jesus de Nazaré, com a mesma intensidade e com a mesma ternura, e que, apesar das desilusões que Lhe causam as minhas resistências e distúrbios, Ele não se cansará de mim. Nunca. Apenas porque me ama.
Desde esse momento único e original do Baptismo, sou, por graça e não por mérito, por adopção e não por natureza, Filho e Herdeiro de Deus para toda a eternidade.
Saber a data do Baptismo é importante, celebrá-la, ainda melhor, mas viver a vocação baptismal como caminho de santidade é o grande desafio que a Festa do Baptismo de Jesus faz a mim e a todos os baptizados.

P. Fausto

in Diálogo 1639 (Festa do Baptismo do Senhor – Ano C)

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *