Dois dedos de Liturgia (86)

banner_Batismo

– Baptismo: ritos explicativos (1)

Depois de celebrado o Baptismo entramos na parte final do ritual que são os ritos explicativos. O primeiro deles é a unção depois do Baptismo. Esta unção faz-se no alto da cabeça com o óleo do crisma, aquele que foi consagrado na missa crismal (quinta-feira santa de manhã) pelo nosso bispo. No rito de consagração mistura-se perfume.
O presidente da celebração diz “Deus que vos libertou do pecado e vos deu uma vida nova pela água e pelo Espírito Santo, unge-vos com o crisma da salvação”.
A unção pós-baptismal com o óleo do crisma é símbolo sacramental, isto é, torna visível Aquele que é invisível e faz dos que foram baptizados membros “perfumados” «de Cristo sacerdote, profeta e rei». A unção significa que o baptizado participa na missão de Cristo Sacerdote, Profeta e Rei; faz parte do Seu Reino.
«Membros de Cristo Sacerdo-te» como afirma São Leão Magno: «Na unidade da fé e do baptismo toda a dignidade é comum; […] sinal da cruz faz reis, todos aqueles que foram regenerados em Cristo e a unção do Espírito Santo consagra-os todos como sacerdotes». «Membros de Cristo Profeta» para exercer «na missão de todo o Corpo, a sua missão particular, uma vez que cada um deve: glorificar Jesus no seu coração e, em espírito de profecia dar d’Ele testemunho» «Membros de Cristo Rei»para viver como Cristo, que «não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida» Os baptizados são agora cristãos, outros Cristos, por isso tem o bom odor de Cristo.

* continuamos a aguardar as vossas questões em
doisdedosdeliturgia@gmail.com

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *