Deus é diferente…!

25dtc_A

 

E Deus continua a surpreender-nos, porque os Seus caminhos são diferentes dos nossos e os Seus critérios também. Já o Profeta Isaías reconhecia claramente.
A mensagem que nos é transmitida pelo Evangelho, com a parábola dos trabalhadores da vinha, deixa-nos, no mínimo, perplexos. Segundo a nossa justiça, quem trabalhou mais horas merece maior retribuição; por isso admiramo-nos e quase nos escandalizamos com o modo de proceder do proprietário, que paga a todos com o mesmo salário.
Com esta parábola, Jesus quer realçar a magnanimidade de coração do proprietário, para quem não bastam as exigências meramente contratuais na relação com os seus assalariados. E ainda bem. Que seria de nós, se a relação de Deus connosco se limitasse aos critérios da justiça!
Ainda bem que Deus é diferente, como cantamos no salmo responsorial, “é clemente e compassivo, paciente e cheio de bondade”. E a certeza de que “está perto de quantos O invocam” enche-nos o coração de confiança, gratidão e alegria e desafia-nos ao compromisso e à generosidade, porque sabemos que nunca perdemos. É o Deus revelado em e por Jesus Cristo, que sempre nos surpreende. É o nosso Deus !

P. Fausto

in diálogo 1576 (XXV Domingo do Tempo Comum – Ano A)

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *