Finalmente, Páscoa!

Resurrection_(24)

 

A Festa é tão grande e tão significativa que não se limita a um dia, começa na Vigília, marca intensamente o Domingo e prolonga-se por cinquenta dias: o Tempo Pascal. E ao longo do ano é o que revivemos em cada semana no Dia do Senhor.
A alegria dos Aleluias que enche as nossas Igrejas na Vigília Pascal, vai ecoar, pelo ano fora, sempre que nos congregamos para festejarmos o Senhor Ressuscitado e a Páscoa torna-se, assim, a Festa, por excelência, que a Igreja vive com especial fervor.
Festa de Jesus Ressuscitado é a nossa Festa também, porque, como Cristo passou da morte à Vida, também os cristãos são chamados a passar do pecado à Graça, vivendo uma vida nova e aspirando às coisas do alto, como recomenda o apóstolo Paulo.
Num mundo de tantas contradições, medos e angústias, a Ressurreição de Jesus é a resposta mais eficaz e surpreendente de Deus, nosso Pai, às nossas dúvidas e hesitações, sofrimentos mil… e à própria morte.
À luz da Páscoa tudo se renova e se torna luminoso; por isso não deixemos de cantar, mesmo com lágrimas nos olhos e o coração a sangrar, ” Eis o dia que o Senhor fez! Alegremo-nos e exultemos”!

P. Fausto

in Diálogo 1559 (Domingo de Páscoa da Ressurreição do Senhor – Ano A)

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *