Missão Jubilar: “Na barca da Igreja, eu sou irmão”

Caminhada Diocesana das Bem-Aventuranças

na-barca-da-igreja

“Até a maior das caminhadas começa com um pequeno passo. Dá o teu passo!”
Felizes os mansos! Eu sou irmão!
Mansidão não é acomodação, aceitação alienada ou indiferença. É antes firmeza de carácter, domínio de si e consciência verdadeira e transparente do que somos capazes de bondade e de maldade.
Na terceira semana da nossa caminhada somos desafiados a um gesto de reconciliação com alguém cujas relações tenham esfriado. Poderemos saudar, conversar, pedir perdão, elogiar alguém…
Pequenos gestos que fazem toda a diferença e nos fazem viver as bem-aventuranças construindo a fraternidade.
Na rede da comunidade colocamos o peixe que diz “Na Barca da Igreja, eu sou irmão”. A todas as pessoas, no final das celebrações, daremos também um peixe que deverá ser colocado, depois de personalizado, na rede da família.

Vive esta hora!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *