“Eu sou o Bom Pastor”

“Eu sou o Bom Pastor”, assim se define Jesus neste Domingo IV do Tempo Pascal, com que se encerra a Semana de Oração pelas Vocações.
Não apenas pastor, e muito menos comerciante de ovelhas, Jesus afirma-se como o Bom Pastor, porque conhece cada ovelha e só está bem quando cada uma das ovelhas se sente bem. A todas defende e ama por igual e por todas dá a vida.
Jesus é o Bom Pastor que não veio pregar uma doutrina, trazer um sistema de pastoreio rentável ou impôr um conjunto de regras, mas ensinar como devemos ser pastores, embora de um rebanho menor, cuidando uns dos outros e desta nossa casa comum.
Só seremos bons pastores se tivermos sempre presente o exemplo do Bom Pastor, que não apenas cuida de todas as ovelhas, mas está disposto a dar a vida por cada uma delas.
Continuando a pedir a Deus pastores segundo o Coração de Jesus, não faltarão na Igreja padres, religiosos, religiosas, missionários, missionárias e leigos que sirvam a família, segundo o projecto de Deus, e integrem outros serviços e ministérios, tão urgentes quanto necessários, na Igreja de hoje.

Pe. Fausto

in Diálogo nº. 1865 (Domingo IV da Páscoa – Bom Pastor – Ano B)

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *